7 dicas simples para comprar certo na Black Friday ou online gastando pouco

Black friday, 7 dicas simples para comprar certo gastando pouco. Dracco.Prepare-se, vamos dar algumas dicas ideais para você comprar muito gastando pouco e com bastante segurança, e essas 7 dicas servem você comprar tanto numa promoção como a Black Friday que acontece, principalmente, nessa sexta 24 de novembro, mas obviamente saber comprar online é algo que você pode aprender pra vida e evitar dor de cabeça e problemas com fraude.

Cerca de R$ 2 bilhões de reais deverão ser gastos nessa edição de 2017 da Black Friday no Brasil. É muita grana sendo movimentada durante apenas um dia na maior promoção online do ano e terceiro melhor dia de vendas para o comércio, atrás apenas do Natal e Dia das Mães.

Se conhece como Black Friday (Sexta-feira Negra, em inglês) o dia que inaugura a temporada de compras natalícias com significativas promoções em muitas lojas retalhistas e grandes armazéns. É um dia depois do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, ou seja, celebra-se no dia seguinte à quarta quinta-feira do mês de novembro. Esta festividade começou nos Estados Unidos e pouco a pouco e com a ajuda das novas tecnologias e a promoção deste dia por parte das diversas empresas tem-se estendendo pelo resto dos países do mundo (https://pt.wikipedia.org/wiki/Black_Friday).

Leia e comente sobre as dicas que vamos passar pra vocês:

1. Pesquise

Sites como o http://www.bondfaro.com.brhttps://www.zoom.com.brhttp://shopping.uol.com.brhttps://www.google.com/shopping e muitos outros oferecem várias facilidades para você ver e comparar os preços dos produtos que você quiser, ao longo do tempo, em categorias, com fotos e vídeos, comentários de outros consumidores e diversas outras opções que te ajudam a escolher de fato a melhor oferta.

Outra dica relacionada é acompanhar o preço daquele item que você já tem em mente que quer comprar, fazendo isso você corre menos risco de acabar pagando “gato por lebre” ou o famoso “pagar a metade do dobro”. Informação é fundamental para fazer as melhores escolhas, se não as tem, vá em busca, pergunte um colega, amigo, familiar, especialista no assunto ou o que for, não se deixe iludir por promessas sem muita explicação.

2. Pague à vista

Aquela famosa frase, pague à vista e economize, o que ainda ajuda a controlar melhor seu dinheiro e os gastos futuros. Muitas empresas oferecem pagamento com desconto no boleto bancário ou cartão de crédito à vista. Se você pode, prefira o pagamento direto ao parcelamento.

3. Cuidado com links suspeitos e valores absurdamente baixos

Nenhuma empresa vende uma boa máquina de lavar por R$ 100, concorda? Então se você viu algo assim numa mensagem de whatsapp que um “amigo” te mandou, desconfie! Mesmo quando visualiza a oferta num site, repare bem, você pode estar sendo enganado por uma falsa propaganda ou pelas letras miúdas.

Não é incomum pessoas destraídas clicarem num link com uma oferta sensacional que leva pra um site “parecido” com o oficial da empresa anunciante, mas que na verdade é falso e pode tanto encher o computador de vírus como também coletar os dados cadastrais do comprador que só vai perceber o golpe um bom tempo depois que o produto nunca vai chegar ou o cartão foi clonado.

Sobre valores absurdamente baixos aconteceu algo semelhante com a loja Fnac há pouco tempo atrás quando, por um dito erro no sistema, anunciou por cerca de R$ 10 a venda de produtos (TVs de plasmas, TVs de LCD e laptops), cuja unidade custaria aproximadamente R$ 4 mil.

Tal diferença caracteriza o disparate e faz presumir erro crasso na oferta promocional, o que torna aceitável a recusa da empresa em cumpri-la ao pé da letra. Há quem fale em má-fé por parte dos consumidores em adquirir tal “oferta”, portanto, tenha consciência naquilo que faz.

4. Só compre em sites confiáveis

Uma das principais orientações é o cuidado com sites falsos, muito parecidos com o de empresas consagradas.

“É exatamente igual, só que no nome do site falta uma letra qualquer, que direciona o consumidor para um site falso”, explica a coordenadora do Procon. (Leia a notícia completa em: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/procon-parana-da-dicas-para-compras-durante-a-black-friday.ghtml)

Segundo informações do Procon de SP mais de 500 lojas virtuais não são confiáveis. Elas não entregam produtos no prazo, atendem mal os clientes ou, simplesmente, não enviam a compra. Conheça a lista completa em http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php

5. Seja rápido

Bobiou, dançou. Viu uma boa oportunidade na Black Friday? Um produto com preço ótimo? Aquele mimo que estava pesquisando há algum tempo e que agora está mais barato? E seguiu todas as dicas anteriores para fazer uma compra segura? Então não perca tempo e aproveite para clicar em “comprar”, pois no caso de ofertas sensacionais é bem provável que o estoque acabe rapidinho.

Uma dica a mais nesse sentido é já ter cadastro em alguns sites, facilitando a descoberta de ofertas porque essa empresa vai te mandar email informando os descontos, e na hora do checkout/pagamento basta você fazer seu login e já garante o super desconto que você custou tanto achar 😉

6. Denuncie ofertas falsas

É fato que muitos bandidos utilizam épocas promocionais como essa para praticar crimes de fraude, vendendo produtos que não existem, links falsos rolando no whatsapp, fora as empresas pouco confiáveis que colocam um preço “promocional” nessa sexta-feira, mas que em nada estão oferecendo desconto para os consumidores, a tão falada “black fraude”.

Atente-se para as dicas anteriores, recapitulando, Pesquise, Cuidado com links suspeitos, Só compre em sites confiáveis, que aí sim você irá fazer uma excelente compra.

Sites como Reclame Aqui são os mais adequados para ajudar toda a comunidade a ficar ciente sobre uma empresa, desonesta por exemplo, além do fato de que sua reclamação alí pode te ajudar a resolver o pepino mais rápido, pois as empresas corretas levam a sério seus clientes e querem uma imagem boa para sua marca se esforçando para solucionar o problema o quanto antes.

7. Faça sua lista de desejos antes

Essa dica é para aqueles que não podem ver um cartaz promocional que já vão logo colocando o produto no carrinho de compras. Claro que as vezes surgem oportunidades que não dá pra perder, mesmo que não estejamos precisando daquele item, mas tenha bastante cuidado para não sair por aí comprando por impulso e se endividando no cartão de crédito por longos meses.

Ter em mente uma lista de desejos ou necessidades é importante para você ter foco nas suas pesquisas e comprar aquilo que realmente é importante pra você. Isso te ajuda a não comprar coisas supérfluas ou inúteis depois de algum pouco tempo.

Deixe uma resposta